Dr. Antônio filho - Pediatria em Garanhuns
menu
O Médico
Consultório
Serviços
Atendimento
Contato
Artigos
Dicas
Links






Crianças e esmaltes de unhas
A moda de pintar as unhas chegou até as crianças. A tentação é grande: cores e marcas variadas, florzinhas, estrelinhas... Cada vez mais cedo as meninas querem usar esmaltes. Mas, será válido? É seguro?

Reproduziremos aqui algumas perguntas que foram enviadas para o e-mail do blog da Alergia:

“Por que não pode? Minha filha não tem alergia a esmalte. Ela nunca teve nada.”

O problema é que a alergia surge de repente, em qualquer momento da vida, mesmo depois de muito tempo usando o esmalte. Crianças têm a pele mais sensível e fina, podendo se sensibilizar aos esmaltes. O sistema imunológico é imaturo na infância. A chance de ter uma alergia de contato é maior quanto mais cedo elas são expostas às substâncias (alérgenos). E, a alergia pode não surgir na infância, mas sim bem depois, com o passar do tempo. Leia o depoimento da Paula: Minha mãe adorava pintar minhas unhas quando eu era pequena! Desde que me entendo como gente tinha as unhas pintadas com esmaltes de todas as cores possíveis. Hoje tenho 30 e uma baita alergia de contato e não posso mais usar os esmaltes “normais” porque tive muita exposição aos componentes alergênicos e acabei desenvolvendo uma alergia super séria. Descobri com 17 anos a alergia e na época não havia esmaltes hipoalergênicos acessíveis no mercado. Por isso, hoje, sou super a favor da vaidade infantil, mas acho que também precisa ter preocupação com a saúde.

E se antes eu fizer um teste?

O teste de contato é válido para avaliar a alergia que já se instalou, mas não adianta para prever se uma criança poderá ou não ter alergia a esmaltes no futuro.

Como posso saber se é uma alergia ao esmalte?

Quais são os sintomas?

Os sintomas mais comuns são: coceira e vermelhidão em olhos, pescoço e face. Eczema e descamação nas pálpebras, dedos coçando em volta da cutícula e pele irritada, configurando uma dermatite de contato.

Quem tem alergia pode usar base? E removedores?

O alergista identificará as substâncias às quais a criança é alérgica para poder orientar. As bases possuem substâncias similares aos esmaltes e podem agravar a alergia.

Existe vacina ou tratamento para alergia ao esmalte?

Não há um tratamento definitivo. È indicado parar de usar o esmalte. Algumas pessoas aceitam bem o uso dos esmaltes chamados hipoalergênicos. Os esmaltes antialérgicos não causam alergia? Esmaltes hipoalergênicos contem em sua fórmula produtos mais naturais e por isso são bem tolerados. Mas algumas pessoas mais sensíveis podem ter reação alérgica mesmo a estes produtos.

E, como devo fazer? Minha filha faz questão de pintar as unhas.

Você pode conversar com ela, dependendo da idade. Diálogo e bom senso sempre ajudam. Ensine o cuidado com as unhas, mas reservando o uso de esmalte para ocasiões especiais. Evite que pinte todos os dias. Prefira que use fórmulas hipoalergênicas ou esmaltes de linhas especiais infantis, elaborados de acordo com as características da pele da criança. Verifique se o produto tem o registro da Anvisa.

Estas são as recomendações do Manual de Cosméticos Infantis da Anvisa:

Esmaltes permitidos para crianças são aqueles à base de água e que saem sem necessidade do uso de acetona ou removedor. Por não possuírem solvente, o cheiro dos esmaltes infantis é bem diferente do presente nos esmaltes para adultos. Os esmaltes também podem possuir substâncias de gosto amargo, para evitar a ingestão acidental por parte das crianças, e cada tonalidade deve ser testada a fim de se avaliar o seu potencial de irritação, sensibilização e toxicidade oral. O rótulo deve possuir orientações e advertências de uso.

Dicas para cuidar das unhas das crianças

- Limpar as unhas. Habituar a criança a lavar as mãos durante o dia.

- Cortar as unhas retas.

- Usar hidratante.

- Verificar se a criança rói as unhas ou a pele em volta das unhas.

- Crianças maiores e adolescentes que frequentam manicure devem levar seu material

- Não retirar cutículas, pois fazem parte da defesa natural contra infecções.
Autor: Blog da Alergia
Postada em: 14/12/11



Dr. Antônio filho - Pediatria em Garanhuns
© 2007 - Todos os direitos reservados ao Dr. Antônio Oliveira da S. Filho - Pediatra - CRM-PE 13796
Av. Simoa Gomes, 112 - Heliópolis - Geranhuns - PE. Fone: (87) 3761-9084
Webdesigner: Eudes Junior / GuiaGaranhuns